Imprimir

Prefeito apresenta Relatório de Gestão na Câmara Municipal de Vereadores em Alegre

Escrito por Publicador ligado . Publicado em Geral

Na noite da última segunda-feira, o prefeito municipal de Alegre, José Guilherme, esteve na sessão solene da Câmara de Vereadores para apresentar o relatório de Gestão de 2017. A prestação de contas é uma exigência da Lei Orgânica Municipal e deve ser atendida pelo gestor municipal.

Na oportunidade, José Guilherme explanou a real situação encontrada por cada Secretaria e falou sobre as dificuldades que o município enfrenta. “Assumimos um município sucateado, e isto não é novidade para ninguém. Tínhamos uma patrol e um caminhão para cuidar da limpeza e das estradas rurais. Não havia meios de executar tudo que o município precisava, mas os secretários não tiveram medo e assumiram os riscos”, afirma o prefeito.

Um dos problemas herdados é a falta da Certificado de Regularidade Previdenciária (CRP). O município além de estar impossibilitado de receber verbas federais e estaduais, também necessitou arcar com uma dívida milionária para a regularização do documento, e mesmo com o compromisso assumido com o Ministério da Previdência, os pagamentos estão em dia e as contas da Prefeitura estabilizadas.

O ano que passou foi um ano de muitos desafios, de acordo com o prefeito. “Foram avanços tão significativos que nos sentimos orgulhosos de estar a frente do município. Nossa Sala do Empreendedor não existia quando assumimos, e hoje é referência no Estado. Mesmo com um caminhão e uma patrol em condições de trabalho, realizamos mutirões de limpeza em toda a cidade e demos condições básicas de tráfego para as estradas rurais. Temos muito a fazer, mas estes pequenos exemplos demonstram a garra e o comprometimento deste Governo”.

Os vereadores ainda tiveram a oportunidade fazerem perguntas e sugestões ao prefeito que contou com o apoio do secretariado presente na Tribuna para as devidas respostas. Em suas considerações finais, Zé Guilherme disse que assim que o pleito eleitoral foi concluído ele “deixou o partido e vestiu a camisa ‘do Alegre’”. “Uni forças aos meus oponentes e hoje brigamos por uma Alegre melhor, por uma cidade com mais qualidade de vida. Eu estou como prefeito porque amo minha cidade e quero fazer o melhor por ela. Mas não consigo fazer isto sozinho, precisamos nos unir pelo desenvolvimento da nossa cidade. Só conseguiremos se estivermos juntos, sem partidos A ou B”, finalizou.