Terceira edição da Feira do Empreendedor de Alegre terá participação de agricultores familiares

Terceira edição da Feira do Empreendedor de Alegre terá participação de agricultores familiares

Acontece neste fim de semana a terceira edição da Feira do Empreendedor de Alegre, com a...

Novo Secretário de Turismo Cultura e Esporte é apresentado para Conselho de Cultura em Alegre

Novo Secretário de Turismo Cultura e Esporte é apresentado para Conselho de Cultura em Alegre

Na última quinta-feira, o novo secretário municipal de Turismo, Cultura e Esporte, danyel...

CPRM realiza mapeamento das áreas de risco para desastres naturais em Alegre

CPRM realiza mapeamento das áreas de risco para desastres naturais em Alegre

O município de Alegre terá uma atualização do mapeamento da vulnerabilidade e das áreas...

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ELEIÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE DE ALEGRE – ES - BIÊNIO 2018/2020

A Comissão para Eleição do Conselho Municipal de Saúde – Resolução COMUS nº 006/2018, torna...

  • Terceira edição da Feira do Empreendedor de Alegre terá participação de agricultores familiares
  • Novo Secretário de Turismo Cultura e Esporte é apresentado para Conselho de Cultura em Alegre
  • Vem aí a 3ª Feira do Empreendedor de Alegre: Edição Especial
  • Feliz Dia dos Pais!
  • Feira Empreendedores na Praça em Rive, dia 11 - sábado
  • CPRM realiza mapeamento das áreas de risco para desastres naturais em Alegre
  • Palestra de Empreendedorismo Feminino

Prefeito de Alegre mostra situação do prédio da CEMEI Tereza Fiorezzi para os pais dos alunos

Escrito por Publicador ligado .

Na manhã da última sexta-feira (3), o prefeito municipal, José Guilherme, juntamente com a secretária municipal de Educação, Simone Corrente, receberam, no novo prédio da CEMEI Tereza Fiorezi, pais dos alunos matriculados na creche. O objetivo da visita, é mostrar a real situação da obra que se encontra parada.

Acompanhados dos engenheiros e da arquiteta do município, os pais constataram os problemas da obra iniciada em 2015. A Secretaria de Obras, Planejamento Urbano e Serviços Públicos realizou um estudo que será encaminhado ao Ministério Público informando que há uma lista com mais de 100 itens a serem revistos na obra. Desde a parte estrutural, como rachaduras, infiltrações; até a parte de acabamento, como portas maiores que os batentes, piso ainda no cimento grosso, entre outros.

“Salas de aula, banheiros, lavabos, refeitórios, nada parece ter sido pensado para atender alunos entre 0 e 3 anos”, afirma José Guilherme, ao comentar sobre as diversas adequações que deverão ser feitas para não colocar em risco a vida das crianças e professores.

Wynara Dheyene, mãe de um dos alunos da CEMEI, comentou sobre a situação do prédio. “A gente passa em frente a creche e a vê a frente toda bonita. Com isso acabamos ‘sufocando’ as professoras querendo saber o porquê de não usar a nova instalação. Hoje, que o Prefeito convidou a nós, pais, e mostrou a creche juntamente com os técnicos, fica esclarecido que não tem condições nenhuma de trazer nossos filhos para cá! É como o prefeito disse, não podemos brincar com nossas crianças, as colocando em risco. É muito triste ver tudo isso.”

A Secretária de Educação, explica que em nenhum momento a Administração quis deixar de lado a obra. Ela também ressalta que as possíveis soluções não são simples e que estão sendo levantadas todas as possibilidades para que o problema seja resolvido sem colocar em risco a vida de ninguém.

Ministério Público

Na última terça-feira (31) o 1º Promotor de Justiça de Alegre, Dr. Matheus Leme Novaes, acompanhado do presidente da Câmara Municipal, secretários e o chefe da Defesa Civil Municipal estiveram no prédio a convite do prefeito municipal.

A intenção é unir forças com todas as esferas públicas para resolver o problema e até mesmo penalizar os responsáveis. “Desde 2017, quando assumimos, nos perguntamos como esta obra foi entregue deste jeito. Cancelamos contratos, enfrentamos processos trabalhistas, e com o passar do tempo, rachaduras e problemas na laje do segundo andar apareceram. Estamos monitorando semanalmente o avanço dessas rachaduras, mas como todos puderam ver, não é um problema simples. Vamos buscar na justiça que os responsáveis paguem por este crime”, finaliza o prefeito.

 

Campanha contra pólio e sarampo começa nesta segunda-feira em todo o Brasil

Escrito por Publicador ligado .

A campanha nacional de vacinação contra poliomielite e sarampo começa nesta segunda-feira (6) e vai até o dia 31 de agosto. Crianças entre 1 e 5 anos podem ser levadas ao posto de saúde para receber vacina, independente se já tomaram o imunizante ou não -- com exceção para quem tomou a vacina mais recentemente, nos últimos 30 dias.

O Ministério da Saúde espera vacinar 11,2 milhões de crianças e a meta é chegar a pelo menos 95% delas. A campanha tem por objetivos:

1- Vacinar quem nunca tomou a vacina;
2- Completar todo o esquema de vacinação de quem não tomou todas as vacinas;
3- Dar uma dose de reforço para quem já se vacinou completamente (ou seja, tomou todas as doses necessárias à proteção).

A campanha nacional vai até o final do mês e trata-se de uma campanha de mobilização, já que a vacina contra o sarampo fica disponível o ano inteiro nos postos de saúde. No dia 18 de agosto, acontecerá o Dia D de mobilização, quando os mais de 36 mil postos de vacinação no país estarão abertos ofertando as vacinas.

Esse tipo de campanha que inclui o reforço da dose, informa o Ministério da Saúde, acontece de quatro em quatro anos e já estava prevista no orçamento da pasta. Esse ano, no entanto, a campanha é ainda mais importante dada à volta da circulação do sarampo no território brasileiro e a ameaça da poliomielite.

"A cobertura vacinal elevada faz a doença desaparecer. E é por isso que devemos continuar vacinando nossos filhos, para manter essas doenças longe do Brasil”, disse Gilberto Occhi, ministro da Saúde, em nota.

Em alguns estados, como São Paulo, a campanha de vacinação começou no sábado (4). Em Roraima e no Amazonas, estados mais atingidos pelo sarampo, as campanhas já começaram e estão ligadas ao surto.

O Brasil tem 822 casos confirmados de sarampo em 2018. Já em relação à paralisia infantil, trata-se de uma precaução, já que 312 cidades estão abaixo da meta preconizada para o controle da doença e um caso foi registrado na Venezuela em junho. Não há, contudo, casos de paralisia infantil no Brasil.

O país erradicou a poliomielite do território em 1994; já o certificado de eliminação do sarampo havia sido alcançado em 2016.

O ministério informou que para a poliomielite, as crianças que não tomaram nenhuma dose durante a vida, receberão a Vacina Inativada Poliomielite. Já os que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, receberão a Vacina Oral Poliomielite, a famosa "gotinha".

Em relação ao sarampo, todas as crianças receberão uma dose da vacina Tríplice Viral (que também protege contra caxumba e rubéola), seja qual for a situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias.

Quem deve ser vacinado?

  • Contra a poliomelite: crianças de 1 até 5 anos independentemente de quantas doses já tomou. Em casos de nenhuma dose, será aplicada a Vacina Inativada Poliomielite. Em caso de uma ou mais doses, será aplicada a Vacina Oral Poliomielite, a famosa "gotinha".
  • Contra o sarampo: crianças de 1 até 5 anos independentemente de quantas doses já tomou.
  • Não devem ser vacinadas: crianças de 1 até 5 anos que tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

Este ano a madrinha da campanha é a apresentadora Xuxa Meneghel. O Zé Gotinha, símbolo das campanhas contra a pólio nos anos 80, também faz parte da campanha atual.

Durante o lançamento da campanha o Ministério da Saúde declarou que "oferta todas as vacinas recomendadas pela OMS no Calendário Nacional de Vacinação". Ao todo, são 19 para combater mais de 20 doenças, em todas as faixas etárias.

Segundo o ministério, por ano, são distribuídos em todo o país cerca de 300 milhões de doses de vacinas. Para a campanha de 2018 foram adquiridas 28,3 milhões doses das vacinas, um total de R$ 160,7 milhões.

Ainda segundo dados do ministério, todos os estados já estão abastecidos com 871,3 mil doses da Vacina Inativada Poliomielite (VIP), 14 milhões da Vacina Oral Poliomielite (VOP) e 13,4 milhões da Tríplice viral.

Poliomelite

Não há novos casos de poliomielite no Brasil. No entanto, os casos da doença aumentaram em outros países, como alertou a Organização Mundial da Saúde.

  • Paciente que vive há mais de 40 anos em hospital com pólio alerta: 'vacinem seus filhos'

O Ministério da Saúde informou que 312 municípios brasileiros estão com baixa cobertura para a vacina contra a poliomelite: eles não chegaram a vacinar nem metade das crianças menores de um ano. Os dados são os últimos disponíveis, referente ao ano de 2017.

A recomendação internacional para o controle da doença é de que pelo menos 95% das crianças sejam vacinadas. Atualmente, a média nacional de cobertura é de 77%.

Fonte: g1.globo.com

Terceira edição da Feira do ...

Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável

Novo Secretário de Turismo ...

Turismo, Cultura e Esporte

Vem aí a 3ª Feira do ...

Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável

Feira Empreendedores na Praça ...

Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável

CPRM realiza mapeamento das ...

Coordenadoria de Defesa Civil

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ...

Saúde e Saneamento

EXTRATO DE RESCISÃO CONTRATO ...

Extrato de Rescisão Contratual

EXTRATO DE RESCISÃO CONTRATO ...

Extrato de Rescisão Contratual

EXTRATO DE CONTRATO Nº 124 A ...

Extratos de Pregão Presencial

EXTRATO CONTRATO Nº. 132/2018

Extratos de Pregão Presencial

EXTRATO CONTRATO Nº. 130/2018

Extratos de Pregão Presencial

EXTRATO CONTRATO Nº. 122/2018

Extratos de Dispensa de Licitações

Consola de depuração Joomla