Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento

EMERSON GOMES ALVES - Secretário Municipal

Endereço: Avenida Doutor Olívio Correa Pedrosa, s/n, Centro, Alegre - Espírito Santo - CEP 29500-000

CNPJ: 27.174.101/0001-35 (SEMSSA) / 13.571.334/0001-67 (FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE)

Informações sobre Atendimento: De Segunda à Sexta das 07:00 às 11:00 horas / 13:00 às 17:00 horas

Contato: EMERSON GOMES ALVES

E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Fixo(s): (28) 3552-4504

Celular(es): Não Disponível

Fax: Não Disponível

Competências: A Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento é um órgão que tem por competência:

1 – manter serviços de pronto-socorro e postos de saúde suficientemente dotados de equipamentos, medicamentos e recursos humanos necessários ao atendimento da população, preferentemente, nos locais onde os governos estadual e federal não mantenham esse serviço;

2 – prestar serviço de saúde, de vigilância sanitária e epidemiológica, de controle de doenças transmissíveis e outros, em integração com os sistemas estadual e federal de saúde;

3 – coordenar e estabelecer diretrizes e estratégias para as ações de vigilância sanitária e participar, de forma supletiva, do controle do meio ambiente;

4 – oferecer serviço de saúde, odontológico e laboratorial à clientela escolar da rede municipal de ensino;

5 – garantir o treinamento e o aperfeiçoamento sistemático de pessoal técnico na área de saúde;

6 – participar da formulação da política e da execução das ações de saneamento básico;

7 – incrementar na sua área de atuação o desenvolvimento científico e tecnológico;

8 – fiscalizar e inspecionar alimentos, compreendido o controle de seu teor nutricional, bem como de bebidas e águas para consumo humano;

9 – participar do controle e fiscalização da guarda e utilização de substâncias e produtos psicoativos, tóxicos e radioativos;

10 – estimular, através de técnicos especializados, práticas alternativas de diagnóstico e terapêutica e o uso da flora medicinal;

11 – desenvolver sistema de coleta, processamento e transfusão de sangue e seus derivados;

12 – fiscalizar e inspecionar o abate de gado bovino, suíno e outros para consumo humano, mantendo abatedouro público;

13 – desenvolver e apoiar programas de incentivo à doação de órgãos humanos para transplante;

14 – desenvolver programa municipal de saúde do trabalhador, inclusive adotando medidas que visem à eliminação de riscos de acidentes, doenças profissionais e do trabalho;

15 – dar assistência domiciliar aos doentes acometidos de doenças não-contagiosas em fase terminal de vida, desde que comprovada sua carência de recursos econômicos.

Setores vinculados à Secretaria: Centro de Saúde/Unidades Básicas (UBS Guararema, UBS Vila do Sul, UBS Misael Barcelos, UBS Vila Alta, UBS Pedro Martins, UBS Celina, UBS Rive, UBS Café, UBS Anutiba, UBS Araraí, UBS Saúde da Mulher/Casa Rosa e Centro de Saúde Rubens Simões Moulin); Policlínica/Centro Municipal de Saúde (Centro Médico Dr. Warlem Campos, AMA, Setor de Transportes, Hiperdia e Odontologia); Postos de Saúde (Assentamento Floresta, São João do Norte, Santa Angélica, Roseira e Boa Vista); Pronto Atendimento Municipal; Vigilância em Saúde (Epidemiológica, Ambiental e Sanitária); CAPS – Centro de Atenção Psicossocial; CTA – Centro de Testagem e Aconselhamento em DST/AIDS; Farmácia Básica; CAF – Centro de Abastecimento Farmacêutico; Serviço Social.

Fonte: Lei Orgânica do Município de Alegre <disponível em: https://www.alegre.es.leg.br/>

Imprimir

Prefeitura de Alegre investiu mais de R$ 7 milhões na Saúde do município

Escrito por Publicador ligado . Publicado em Saúde e Saneamento

Para conter a crise econômica que assola o município, e o País, a Prefeitura de Alegre tem controlado os gastos e investimentos públicos a fim de manter a folha de pagamento dos servidores municipais e não desassistir as áreas essenciais como Saúde e Educação.
 
Graças a este trabalho de gerenciamento dos recursos e contenção de despesas, a Prefeitura de Alegre, conseguiu investir na Saúde do município cerca de R$ 7.654.191,98, com repasses realizados entre janeiro a agosto deste ano, através do Fundo Municipal de Saúde.
 
“Por lei, o município tem a obrigatoriedade de repassar 15% para investimentos em Saúde. Alegre tem repassado além deste percentual, cerca de 11%, totalizando 26% de repasses mensais para Saúde do município". Isso significa que estamos priorizando a melhoria no atendimento prestado para os alegrenses. Ainda estamos longe de resolver todos os problemas e dificuldades, mas já avançamos muito”, afirma o secretário municipal de Saúde e Saneamento, Dr. Adalberto Louzada.
 
Com o valor investido, a Secretaria realiza o pagamento de despesas essenciais, compra de materiais de consumo e insumos hospitalares, compra de medicamentos e fraldas geriátricas, pagamento dos servidores, entre outros, e o principal, o repasse mensal para a Casa de Caridade São José. “Cerca de R$ 400 mil são investidos mensalmente na Casa de Caridade, dando condições do Hospital se manter e aumentar a qualidade dos serviços prestados”, explica Adalberto.
 
Para José Guilherme, prefeito do município, os investimentos na saúde mostram a preocupação da Administração Municipal com a população. “Nós sabemos que ainda temos muitos desafios e problemas a serem resolvidos, mas nosso compromisso em cuidar da população está sendo feito”, salienta.
 
Os dados dos investimentos foram divulgados nas duas Audiências Públicas realizadas em 2018. O secretário explica que a população ainda desconhece o real propósito das Audiências. “Temos o dever de apresentar a população o que tem sido feito na saúde e onde são aplicados os investimentos federais, estaduais e municipais. É uma forma de dar total transparência as ações da Secretaria”.